5 tipos de fungos na pele e como identificá-los (2023)

7 minutos

As infecções de pele por fungos costumam ser acompanhadas de coceira e até mesmo dor, e aparecem nas áreas com dobras ou expostas à umidade contínua.

5 tipos de fungos na pele e como identificá-los (1)

Escrito por Solimar Cedeño

Última atualização: 23 agosto, 2022

(Video) 5 tipos de fungos na pele e como identificá-los

O cuidado com a nossa pele é importante por diversos motivos. Essa é a camada protetora do nosso organismo, e mantê-la bem cuidada também protegerá o resto do nosso corpo. Além disso, quaisquer danos sofridos (seja por fungos na pele ou outras causas), serão visíveis, comprometendo o nosso conforto e imagem pessoal.

Portanto, é fundamental nos protegermos dos fungos de pele, além de saber identificar se sofremos de uma infecção que precisa de atenção médica. Dessa forma, podemos curá-la rapidamente e evitar marcas ou sequelas.

Todos os fungos de pele são iguais?

Assim como não existe uma única espécie animal ou vegetal, o reino dos fungos também é composto por vários tipos de organismos. Alguns deles podem afetar humanos e provocar infecções de pele.

Em relação às infecções dérmicas, podemos falar sobre os 5 principais tipos de fungos que comumente provocam manchas, coceira e até mesmo dor.

Leia também: É conveniente usar alho para o tratamento de fungos vaginais?

1. Micose

5 tipos de fungos na pele e como identificá-los (2)

A dermatofitose, comumente conhecida como “micose”, é uma infecção provocada por fungos chamados dermatófitos. Esses fungos têm um período de incubação em humanos que dura de 1 a 2 semanas antes que sejam manifestados os sintomas de infecção.

(Video) Micoses de pele | DrauzioCast

Os dermatófitos crescem melhor em ambientes quentes e úmidos, sendo mais comuns em regiões tropicais e subtropicais. Eles também se multiplicam em espaços fechados ou com pouca ventilação, como roupas que provocam sudorese, objetos, máquinas para a prática de esportes e exercícios, etc.

Os dermatófitos geralmente crescem apenas em tecidos que contêm queratina ou “tecido morto“, como cabelo, unhas e a camada externa da pele. Eles também interrompem a propagação quando entram em contato com células vivas ou áreas inflamadas.

Esses fungos são transmitidos pelo contato com o fungo de outro hospedeiro. A infecção geralmente começa na raiz do cabelo ou na parte mais externa da pele, conhecida como “estrato córneo”, e se espalha a partir daí.

As micoses são classificadas de acordo com a área do corpo que afetam. Por exemplo, a micose capilar ou tinea capitis afeta o cabelo e o couro cabeludo. A corporal é aquela que ataca os tecidos do tronco, extremidades e rosto. Micose nas mãos é outra infecção comum que afeta as palmas das mãos, tornando-as escamosas.

Uma micose muito comum é a do pé, mais conhecida como “pé de atleta. Ambientes úmidos e quentes como utensílios e roupas esportivas ou vestiários de academia são ideais para esses fungos cutâneos. No entanto, qualquer pessoa está sujeita a esta infecção.

Como identificar esse tipo de fungo?

Você pode constatar que tem problemas de micose caso apresentar:

  • Coceira ou ardência;
  • Vermelhidão na pele em forma de anéis;
  • Bolhas;
  • Pele escamosa ou descamada;
  • Decomposição ou amolecimento da área afetada.

5 tipos de fungos na pele e como identificá-los (3)

2. Candida

A candidíase é uma infecção provocada por fungos. Trata-se de um fungo muito comum, que inclusive está presente no corpo humano.

A infecção ocorre quando os anticorpos do nosso organismo não são capazes de nos defender contra esses fungos na pele. Isso pode acontecer quando estamos com as defesas baixas ou tomando antibióticos.

(Video) Leis Biológicas Ep. 23 - Fungos na pele.

Embora esse tipo de infecção possa afetar qualquer parte do corpo, ela aparece principalmente nas áreas da pele com dobras, como as axilas, a parte inferior das mamas, a virilha, etc. Quando ocorre na pele, é denominada candidíase cutânea.

Os fungos também afetam as mucosas: órgãos genitais, boca, língua e, em casos extremos, o esôfago e os pulmões. O fungo Candida é a principal causa de dermatites em bebês, devido à umidade mantida na fralda.

Descubra: Candida auris: tudo que você precisa saber

Como identificar esse tipo de fungo?

  • Vermelhidão e erupções na pele;
  • Coceira ou ardência;
  • Presença de secreção branca na área afetada;
  • Dor e desconforto;
  • Mudança de cor, enfraquecimento, estrias, espessamento ou perda das unhas.

3. Fungo nas unhas

As infecções provocadas por fungos também podem afetar as unhas, recebendo o nome de onicomicose. Muitos dos agentes etiológicos são dermatófitos, portanto, esse tipo pode ser incluído na micose e ser chamado de micose de unhas. No entanto, a infecção também pode ter sido provocada por outros tipos de fungos que afetam a pele, como bolores e leveduras.

As onicomicoses são as infecções ungueais mais comuns, sendo responsáveis por até 30% de todos os casos, de acordo com vários estudos. Qualquer pessoa pode contrair essa infecção; no entanto, os diabéticos e os imunocomprometidos apresentam um risco maior.

Os fungos afetam com mais frequência as unhas dos pés. Eles podem estar localizados na própria unidade ungueal, afetar a pele circundante e se espalhar para as outras unhas. Infelizmente, o tratamento desta micose é difícil, e frequentemente requer uma combinação de terapia tópica e oral.

Como identificar esse tipo de fungo?

A identificação da onicomicose é muito simples, mesmo nos estágios iniciais da doença. A unha afetada geralmente muda de cor, tornando-se mais branca ou amarelada.

A forma da unha também é alterada. Em alguns casos, é possível observar um enfraquecimento, o que aumenta a probabilidade de que ela quebre. No entanto, alguns fungos são capazes de fazer com que a unha fique mais grossa. Esse tipo de infecção geralmente não causa dor na área afetada, a menos que o caso seja muito sério.

(Video) Fungos Na Pele, Remedio Para Fungos De Pele, Doença Causadas Por Fungos, Remedio Fungos Na Pele

4. Pitiríase versicolor

A pitiríase versicolor é uma infecção na pele causada por fungos. O agente etiológico mais comum é uma levedura conhecida como Malassezia furfur. Ela pode ser encontrada na pele como parte da flora normal, no entanto, pode se tornar patógena sob determinadas condições.

Esse fungo é capaz de produzir uma substância especial chamada ácido azelaico, que impede a produção de melanina e provoca os sintomas característicos. Esta doença tem distribuição universal, porém alguns estudos mostram que ela é mais frequente em países tropicais e subtropicais.

As lesões características da pitiríase versicolor podem aparecer em qualquer parte do corpo. Uma das localizações mais comuns é o tórax, mas ela também pode ocorrer no pescoço, rosto e braços.

Como identificar esse tipo de fungo?

O principal sintoma dessa infecção é a presença de manchas esbranquiçadas ou amareladas, que tendem a aumentar de tamanho gradualmente. A lesão pode ser redonda ou oval e, além disso, é possível observar uma leve descamação na mesma.

A patologia geralmente não provoca outros sintomas, embora algumas pessoas possam apresentar coceira ou ardência nas lesões. Felizmente, essa condição pode desaparecer por conta própria no final do verão em países com climas temperados.

5. Esporotricose

Trata-se de uma infecção muito comum na América Latina, provocada pelo fungo Sporothrix schenckii. Esse agente etiológico habita diferentes tipos de musgo, roseiras, estrume e alguns fardos de feno. A sua distribuição significa que a população mais afetada são os jardineiros e agricultores.

O fungo penetra na pele através de pequenos cortes, geralmente provocados pelos espinhos das plantas. Felizmente ele não pode ser transmitido de pessoa para pessoa. Além disso, a disseminação hematogênica para outros tecidos é rara, de modo que as lesões geralmente ficam limitadas a uma área específica.

Como identificar esse tipo de fungo?

A lesão primária se manifesta como um caroço ou pápula de tamanho variável, que ficará localizada na área por onde o fungo entrou no corpo. Essa estrutura éindolor e aumentará de tamanho progressivamente. O número de pápulas pode aumentar gradualmente, atingindo um número variável.

Com o passar dos dias as lesões se tornam necróticas, com uma aparência semelhante à deum furúnculo. Em seguida elas evoluem e se tornam lesões semelhantes a úlceras, que demoram a cicatrizar.

A prevenção da infecção de pele por fungos é essencial

A melhor maneira de nos protegermos dos fungos na pele é evitar o contato com outras pessoas infectadas, bem como suas roupas e itens pessoais.

(Video) DOENÇAS CAUSADAS POR FUNGOS - Micoses | Biologia com Samuel Cunha

Também é imprescindível manter uma excelente higiene pessoal, já que a maioria desses fungos faz parte da flora natural. Se você identificar que está sofrendo de uma infecção de pele provocada por fungos, visite seu médico para que ele prescreva um antifúngico.

Pode interessar a você...
Leia emMelhor Com Saúde15 remédios naturais para tratar fungos na peleAlém de aproveitar as propriedades dos remédios, para tratar os fungos na pele ou prevenir seu aparecimento, é essencial cuidar da higiene.

FAQs

Quais são os tipos de fungos na pele? ›

As infecções de fungos (micoses) que mais afetam a pele são as seguintes: pitiríase versicolor, tineas e candidíase. A primeira (também conhecida como 'pano branco') caracteriza-se por manchas que podem ser esbranquiçadas, avermelhadas ou acastanhadas e descamativas, principalmente na região do tronco.

Como reconhecer fungo na pele? ›

Fungos podem se manifestar como manchas na pele, às vezes brancas ou até vermelhas, com crescimento lento, descamação nas bordas e sensação de coceira, podem aparecer como fissuras entre dedos dos pés ou até como áreas de pequenas bolhas”, explica.

Como identificar o tipo de micose? ›

Os tipos de micose

Causa manchas claras ou acastanhadas nas costas, pescoço e rosto, mas não costuma dar coceira. São as micoses que podem acometer pele, unhas e couro cabeludo. Os locais mais comuns de acometimento são as regiões de dobras, como axilas, virilhas e entre os dedos dos pés.

Quais são os tipos de fungos que existem? ›

Os fungos estão classificados atualmente em cinco grupos principais: quitrídeos, zigomicetos, glomeromicetos, basidiomicetos e ascomicetos, sendo este o mais diversificado. Atualmente há cerca de 100 mil espécies de fungos conhecidas.

Quais são os 7 tipos de micose? ›

A micose de pele pode ser classificada em diferentes tipos de acordo com o local que o fungo se desenvolve e causa os sintomas.
...
7 tipos de micose de pele e como tratar
  1. Micose de unha. ...
  2. Candidíase. ...
  3. Pitiríase versicolor. ...
  4. Pé-de-atleta. ...
  5. Micose na virilha. ...
  6. Tinha do couro cabeludo. ...
  7. Impingem.
4 days ago

Como saber se é dermatite ou fungo? ›

Geralmente a dermatite atópica é mais comum nas regiões de dobras, como cotovelo e joelho, e é caracterizada pela intensidade da coceira e ressecamento. A micose, por outro lado, é uma lesão arredondada, que cresce de dentro para fora.

Como saber se é sarna ou fungo? ›

O diagnóstico da sarna (escabiose) é feito visualmente pela análise das lesões causadas e por sua localização e pode ser confirmado pela identificação do parasita no microscópio.

O que é pitiríase versicolor fotos? ›

O “PANO BRANCO” ou Pitiríase Versicolor é infecção fúngica superficial,caracterizada por mudanças de pigmentação da pele devido à colonização da flora normal da pele por um fungo, conhecido como Malassezia furfur.

Qual remédio é bom para fungos na pele? ›

Fungos Pele (14)
  • acetato de clostebol (2)
  • cetoconazol (2)
  • ciclopirox olamina (2)
  • cloridrato de terbinafina (1)
  • clotrimazol (2)
  • desonida (1)
  • dipropionato de betametasona (1)
  • propionato de clobetasol (1)

O que é a pitiríase? ›

Doença eruptiva benigna que acomete a pele, sendo uma desordem comum em pessoas saudáveis, principalmente crianças e adultos jovens. É mais comum na primavera e outono, nos climas temperados. Contudo, pode ser mais frequente no verão em algumas outras regiões.

Quais são as doenças causadas por fungos? ›

Apesar de serem inúmeras as doenças causadas por fungos, algumas principais são:
  1. Pano branco. ...
  2. Tinha. ...
  3. Candidíase. ...
  4. Esporotricose. ...
  5. Aspergilose. ...
  6. Paracoccidioidomicose. ...
  7. Histoplasmose. ...
  8. Mucormicose.

O que é candidíase da pele? ›

Candidíase é infecção da pele e da mucosa por Candida spp, mais comumente Candida albicans. A infecção pode ocorrer em qualquer lugar, sendo mais comum em dobras da pele, espaços entre os artelhos, genitais, cutículas e mucosa oral. Os sinais e sintomas variam de acordo com o local.

O que são fungos e sua classificação? ›

Os fungos são organismos agrupados, segundo a classificação de Whittaker, no Reino Fungi. Esses organismos podem ser encontrados em diferentes ambientes e são importantes ecologicamente, pois realizam o papel de decompositores, e também economicamente, pois são usados desde a medicina até em nossa alimentação.

O que são os fungos e como são classificados? ›

Os fungos são seres macroscópicos ou microscópicos, unicelulares ou pluricelulares, eucariotas (com um núcleo celular), heterótrofos. Na biologia, eles fazem parte do Reino Fungi, dividido em cinco Filos: quitridiomicetos, ascomicetos, basidiomicetos, zigomicetos e os deuteromicetos.

Quais os principais tipos de fungos onde são encontrados? ›

Dentre os fungos filamentosos estão os bolores, aqueles mesmos que emboloram alimentos, como pães, e em lugares que ficam úmidos e frescos aparecem nas paredes e muros como manchas escurecidas. Um aspecto positivo dos fungos é que eles são decompositores por excelência na natureza, ao lado das bactérias.

Quem pode tomar Fluconazol? ›

O fluconazol está indicado para o tratamento da candidíase vaginal ou no pênis, mas também pode ser indicado para tratar outras infecções por fungos:
  • Frieira, pé de atleta ou Tinea pedis;
  • Micose na virilha ou Tinea cruris;
  • Micose na unha ou Tinea unguium;
  • Micose de pele ou Tinea corporis;

Para que serve a pomada cetoconazol? ›

Cetoconazol Creme é um medicamento dermatológico utilizado para tratar infecções de pele causadas por fungos ou leveduras, como micoses, frieira e pano branco. Este creme dermatológico possui potente capacidade de combater micoses, fornecendo um alívio rápido na coceira procedente deste tipo de infecção cutânea.

O que é uma micose Cite exemplos? ›

Micoses são doenças causadas por fungos. Elas, geralmente, afetam pele, unhas e cabelos. Entre as micoses mais conhecidas, podemos citar o pé de atleta e a candidíase. Pé de atleta é uma das micoses mais conhecidas pela população.

O que é dermatite fúngica? ›

A dermatofitose é uma infecção produzida por fungos conhecidos como dermatófitos, por isso, tem esse nome. Esses fungos se alimentam da ceratina, substância proteica existente na pele, unhas e cabelo. A infecção é mais comum de ocorrer em homens e durante as estações quentes, como o verão.

O que é dermatite emocional? ›

A Dermatite Nervosa, também conhecida popularmente como alergia nervosa, é uma alergia que aparece após momentos de muito estresse ou problemas emocionais, podem surgir de forma localizada e em qualquer parte do corpo.

Quais as doenças de pele causadas por estresse? ›

Acne, psoríase, dermatite seborreica(caspa), dermatite atópica (dermatite alérgica), eflúvio telógeno agudo (queda de cabelo intensa recente) e urticária (reação alérgica) são apenas algumas das doenças cutâneas que podem ser causadas ou agravadas por conta da tensão emocional.

Qual remédio é bom para fungos na pele? ›

Fungos Pele (14)
  • acetato de clostebol (2)
  • cetoconazol (2)
  • ciclopirox olamina (2)
  • cloridrato de terbinafina (1)
  • clotrimazol (2)
  • desonida (1)
  • dipropionato de betametasona (1)
  • propionato de clobetasol (1)

Qual a melhor pomada para fungos e bactérias? ›

1. Pomadas, cremes e soluções
  • Clotrimazol 1% creme, solução ou loção (Canesten ou Clotrimix);
  • Terbinafina 1% creme ou solução (Lamisilate ou Funtyl);
  • Amorolfina 2,5% creme (Loceryl);
  • Ciclopirox olamina 1% creme ou loção (Loprox ou Micolamina);
  • Cetoconazol creme 2% (Nizoral ou Cetonax);

Como matar fungos na pele caseiro? ›

Algumas ótimas opções de remédios caseiros para micose são a sálvia e as folhas do aipim porque eles possuem propriedades que ajudam a combater a micose e a cicatrizar a pele. No entanto, aloe vera e a mistura de ervas também é uma boa solução caseira para combater a micose de pele de forma natural.

O que o fungo pode causar? ›

Existem diversas doenças que os fungos podem provocar nas pessoas, podendo ser micoses de pele, unhas, mucosas ou couro cabeludo, como pano branco, tinha, frieira, sapinho ou candidíase, por exemplo.

Qual o melhor sabonete para micose? ›

O Sabonete Liquído Anti Fungos ajuda a prevenir infecções cutâneas, ele tem um efeito reconhecido sobre fungos e bactérias. Além disso, devido à ação do Cetoconazol e do Óleo de Melaleuca que mantem a hidratação da pele e previne o aparecimento de Micoses e bactérias.

Qual é o melhor remédio para limpar o sangue? ›

Remédio para limpar o sangue com o melhor preço
  • AGRYLIN 0,5 MG FRASCO COM 100 CÁPSULAS. ...
  • ALFAEPOETINA HUMANA RECOMBINANTE COM 4000UI. ...
  • BENLYSTA PÓ LIOFILIZADO 400MG COM 1 AMPOLA. ...
  • DACOGEN (CADEIA FRIA) 50MG PÓ LIOFILIZADO COM 1 FRASCO AMPOLA. ...
  • EPREX 10.000UI INJETAVEL COM 6 SERINGAS DE 1ML.

Quem não pode tomar fluconazol? ›

Fluconazol é contraindicado para: Pessoas com hipersensibilidade (alergia) ao fluconazol, a compostos azólicos (classe química do fluconazol) ou a qualquer componente da fórmula; Uso concomitante com terfenadina (medicamento antialérgico), cisaprida, astemizol, eritromicina, pimozida e quinidina.

Para que serve nistatina na pele? ›

Nistatina é um medicamento de uso tópico indicado para o tratamento assaduras em bebês, principalmente aquelas relacionadas ao atrito gerado pelas fraldas. O medicamento ainda pode ser utilizado, por crianças e adultos, no tratamento de irritações na região genital e nas nádegas.

Quais são os tipos de infecções de pele? ›

Tipos de infecção cutânea
  1. Infecção na pele causada por bactérias. Celulite infeciosa. Clique para ver a imagem nítida. ...
  2. Infecção fúngica da pele. Frieira. Clique para ver a imagem nítida. ...
  3. Infecção na pele causada por vírus. Catapora.

Para que serve o medicamento TROK? ›

Trok-N® (cetoconazol + dipropionato de betametasona + sulfato de neomicina) está indicado nas afecções de pele, onde se exigem ações anti-inflamatória, antibacteriana e antimicótica, causadas por germes sensíveis, como: dermatites de contato, dermatite atópica, dermatite seborreica, intertrigo, disidrose, ...

Qual o melhor antifúngico natural? ›

Manjerona ou orégano óleo é um antifúngico, antifúngico natural, a melhor opção para começar o ataque, temperada sua comida, fazer o seu próprio azeite com alguns ramos naturais de orégano ou tomar cápsulas de óleo de orégano, escolhas fáceis nosso corpo não rejeitará em sua fase inicial.

Como matar fungos com vinagre? ›

O ácido acético presente no vinagre de maçã ajuda a combater os fungos que causam a micose nas unhas, já que suas propriedades alcalinas neutralizam o pH da pele. Para usar esse remédio caseiro, deixe as unhas infectadas de molho em uma bacia com meio copo de vinagre de maçã e meio copo de água por 15 a 20 minutos.

Para que serve a pomada cetoconazol? ›

Cetoconazol Creme é um medicamento dermatológico utilizado para tratar infecções de pele causadas por fungos ou leveduras, como micoses, frieira e pano branco. Este creme dermatológico possui potente capacidade de combater micoses, fornecendo um alívio rápido na coceira procedente deste tipo de infecção cutânea.

Como saber se é fungo ou bactéria? ›

Os fungos seres eucariontes e uni ou pluricelulares. Esses seres podem ser macroscópicos ou microscópicos e fazem parte do Reino Fungi. As bactérias são seres procariontes e unicelulares. Por não possuírem um núcleo celular bem definido, são considerados organismos simples e fazem parte do Reino Monera.

Qual o melhor antibiótico para fungos? ›

O fluconazol é um antifúngico que serve para combater a candidíase e outras doenças provocadas por fungos que pertencem à classe das leveduras. O remédio age contra doenças infecciosas na pele e em diversos órgãos internos – até por isso, pode ser incluído no tratamento de infecções hospitalares.

Como o fungo se alimenta? ›

Os fungos se alimentam através da absorção de nutrientes presentes no solo, sendo chamados de heterotróficos. A alimentação ocorre através da liberação de enzimas digestivas pelo fungo no solo.

Videos

1. Antonio Sproesser explica como tratar micoses no quadro Você e o Doutor
(Hoje em Dia)
2. Saúde - 8 doenças causadas por fungos e como identificar
(Saúde para você)
3. Veja Saúde: psoríase – como identificar e tratar a doença que afeta a pele
(vejapontocom)
4. O ataque silencioso dos fungos
(Pesquisa Fapesp)
5. Saiba como identificar Lesões de pele em Crianças e adultos. Diagnóstico, tratamento e muito mais.
(Elite da Enfermagem)
6. Como identificar e tratar Intestino com Fungos
(Sheila Pachecco)
Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Cheryll Lueilwitz

Last Updated: 03/26/2023

Views: 6664

Rating: 4.3 / 5 (54 voted)

Reviews: 85% of readers found this page helpful

Author information

Name: Cheryll Lueilwitz

Birthday: 1997-12-23

Address: 4653 O'Kon Hill, Lake Juanstad, AR 65469

Phone: +494124489301

Job: Marketing Representative

Hobby: Reading, Ice skating, Foraging, BASE jumping, Hiking, Skateboarding, Kayaking

Introduction: My name is Cheryll Lueilwitz, I am a sparkling, clean, super, lucky, joyous, outstanding, lucky person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.